sexta-feira, 31 de maio de 2013

Bruma e Ilori

Bruma e Ilori são dois jovens da formação do Sporting que começam agora a dar os primeiros passos na equipa principal. Devo confessar que sou fã dos dois, juntamente com Rui Patricio são na minha opinião os melhores jogadores do Sporting e os que mais dinheiro podem trazer aos cofres leoninos.
Considero-os mais valias claras e portanto, à semehança de Patricio, só devem ser vendidos caso surjam propostas irrecusáveis, dado que em função da sua qualidade e caracteristicas são jogadores que terão sempre mercado, não devendo ser negociados após a pior época de sempre, nem numa fase tão precoce da carreira, pois qualquer um deles tem muito para dar ao Sporting.

Estes jovens ainda terão pela frente mais alguns anos pelas selecções jovens, que são sempre uma montra atractiva e são jogadores com capacidade para no final desse percurso (senão antes) integrarem de imediato a selecção principal, o que além de os valorizar faz com que sejam jogadores sob o radar dos maiores clubes europeus.

A equipa principal deve ter na sua base os melhores jogadores da sua formação, beneficiando assim, não só da sua qualidade, mas também da criação de uma identidade na equipa, uma forma de jogar, e a garantia de que quem faz parte da equipa conhece a sua história, os seus valores e a sua grandeza, passando tudo isto a quem chega de fora e facilitando a integração nesta familia leonina. Algo dificil de conseguir se a equipa for formada essensialmente por jogadores estrangeiros que não cresceram a ganhar de leão ao peito. Por outro lado, a aposta na "prata da casa" reforça a marca Sporting e a qualidade da Academia Leonina.

Apesar da sua qualidade, penso que os atletas em causa, são muito jovens para sair, correndo o risco de a primeira aventura no estrangeiro não ser bem sucedida, a exemplo de Quaresma, Simão ou Viana, portanto devem continuar o seu processo de crescimento dentro do clube.

Assim sendo, penso que vale a pena os esforço pela renovação de ambos, além da qualidade que têm, a contratação de reforços para as suas posições também traz custo e dificilmente serão jogadores da mesma qualidade. Por fim, são jogadores que além de terem qualidade para ajudarem a reerguer o Sporting, serão grandes vendas num futuro próximo!

quinta-feira, 30 de maio de 2013

Jefferson

Está oficializada a contratação do primeiro reforço para a época 2013/2014, trata-se de Jefferson, lateral esquerdo proveniente do Estoril.

Trata-se de um jogador forte fisicamente, muito possante e aguerrido, que ataca bem destacando-se o potente remate e a qualidade dos seus cruzamentos, é tido como um bom marcador de bolas paradas o que é sempre importante.
 Por outro lado, é um jogador que rende alguns golos, aspecto a ter em conta, dado que é fundamental que não só os jogadores mais atacantes mas também os do meio campo e defesa contibuam neste capítulo.

Consta-se que o negócio terá sido feito por valores a rondar os 400 mil euros por 50% do direitos económicos do jogador. Embora o risco seja repartido, no caso de o negócio não correr bem, não sou grande adepto de divisões dos direitos económicos, mas entendo perfeitamente que o Sporting o faça nesta fase de maiores dificuldades e de reestruturação do clube, contudo, gostava que no futuro se apostasse em ter a totalidade dos referidos direitos, por forma a conseguir tirar um proveito maior da valorização que o clube faz do jogador.
Por outro lado, percebo perfeitamente que o rendimento da equipa influencia a valorização do jogador e como tal, se Jefferson contribuir para que a equipa renda mais, consequentemente alguns jovens valores da nossa formação sairão valorizados e como tal será sempre um bom negócio mesmo que o Sporting só tenha direito a 50% do valor de uma possivel venda no futuro.

Com este reforço penso que se encontra resolvida a questão do lateral esquerdo. Turan, finalmente conseguiu fazer uma época a jogar com regularidade, embora não saiba como jogou, penso que pode sempre ser uma alternativa a Jefferson ou continuar o seu processo de crescimento na equipa B, caso não haja um bom negócio para o Sporting. Por outro lado, Evaldo entra no seu último ano de contrato, e não é um jogador que encante a maioria dos adeptos do Sporting. Pessoalmente também não sou fã, mas  é um jogador que teremos algumas dificuldades em colocar e penso que serve perfeitamente como alternativa a Jefferson, aliás esta época nem sequer havia alternativa ao lateral esquerdo, portanto não ficamos pior, além disso apesar das suas limitações, sempre foi um jogador cumpridor que nunca criou problemas no Sporting, mesmo quando era suplente, portanto nao me choca a sua possível inclusão no plantel.

Assim sendo, resolvido o problema na esquerda da defesa, fica a faltar o ponta-de-lança que será neste momento a posição mais prioritária!

terça-feira, 21 de maio de 2013

Leonardo Jardim

Leonardo Jardim, foi ontem anunciado como o sucessor de Jesualdo Ferreira no comando técnico da equipa leonina. Apesar de se tratar de alguém que vai começar do zero, que só agora se irá inteirar da situação do clube, e que terá um conhecimento reduzido principalmente dos jogadores da equipa B e dos emprestados é um nome que me agrada.

A sua carreira é marcada pelo sucesso e tem feito um percurso em crescendo, tendo pela frente o projecto mais dificil até agora, mas para o qual julgo que está preparado.
Este jovem técnico madeirense subiu em 2008/2009 o Chaves à II Liga, depois de vencer a série A da II Divisão, logo no seu ano de estreia no clube minhoto.
No ano seguinte, assumiu o comando do Beira-Mar, sagrando-se campeão nacional na II Liga, conquistando assim mais uma subida de divisão. Na época de estreia na I Liga fez um campeonato tranquilo tendo abandonado o clube a meio da época, dado que a manutenção estava praticamente garantida e como não iria ser o treinador na época seguinte fazia sentido que o próximo treinador assumisse desde logo a equipa para melhor preparar a época seguinte.
Em 2011/2012 chega ao Braga, onde terminou o campeonato na terceira posição, depois de conseguir 13 vitórias consecutivas que colocaram o Braga na liderança do campeonato à 24ª jornada!
Nesta época venceu a Taça e o Campeonato na Grécia ao serviço do Olympiacos.
Apesar da curta carreira é um treinador com um percurso notável, que espero que tenha continuidade em Alvalade

É um treinador português, que conhece o nosso campeonato, e o próprio clube e a sua história, o que julgo ser importante, dado que o grau de exigência tem que estar de acordo com o passado do nosso clube.
Sabemos que se avizinha uma época complicada e que o clube precisa de estabilidade, espero que esta aposta seja para manter por forma a que os resultados também apareçam com o tempo. Por outro lado, penso que os objectivos deveriam ser estabelecidos de forma crescente, jogo a jogo, garantindo a Europa primeiro, a Champions segundo, seguindo-se a luta pelo titulo e eventualmente o titulo de campeão nacional, invés do contrário, para que reine alguma calma no clube que por vezes parece bipolar, ora está em euforia ora está em depressão.


segunda-feira, 20 de maio de 2013

Jesualdo Ferreira

Ontem foi o último jogo oficial de Jesualdo Ferreira enquanto treinador do Sporting, algo que já era esperado nestes últimos tempos e que foi confirmado no final do encontro em Aveiro.

Tal como grande parte dos adeptos leoninos via com bons olhos a sua continuidade.
Primeiro, porque considero o Professor Jesualdo Ferreira competente, sem ser um treinador fabuloso com um futebol vistoso e com grandes resultados, é alguem que sabe montar uma equipa dotando-a de identidade, dando assim uma estabilidade que permite o lançamento de jovens e o crescimento de muitos jogadores.
Segundo, penso que deve haver alguma estabilidade no Sporting, assim sendo, fazia sentido que Jesualdo desse continuidade a este projecto que abraçou durante a época. Essa continuidade teria algumas vantagens, dado que a equipa iniciaria a próxima época já com alguns processos e principios de jogo assimilados e havia um conhecimento mutuo entre plantel e treinador, o que permitiria a Jesualdo Ferreira estar melhor posicionado do que qualquer pessoa para formar o plantel da próxima época dado o conhecimento que tem tanto do plantel principal como da equipa B, sabendo que deverão ser estas duas equipas a formar o plantel da próxima época, juntando-se provavelmente alguns emprestados e uma ou outra contrataçao. Se estivermos constantemente a começar do zero este trabalho será certamente mais dificil, do que havendo uma contunuidade na estrutura, treinador incluido. Assim sendo, espero que apesar dos tempos dificeis que aparentemente se avizinham, haja estabilidade no clube.
Terceiro, é um treinador experiente, e com grande conhecimento do futebol português caracteristicas que serão importantes para alguém que terá que lidar com um grupo tão jovem.
Por fim, depois do crescimento notório que a equipa teve com a sua entrada era merecido que continuasse a acompanhar o crescimento destes jovens que foi lançando.

Gostava também de destacar as declarações de Jesualdo que me agradaram bastante. E por fim um facto curioso que notei, apesar do bom trabalho do professor, estranhamente os resultados nas 5 primeiras jornadas da segunda volta foram piores que os conseguidos por Sá Pinto nas respectivas jornadas da primeira volta.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

Renato Neto

Neste momento é consensual que a solução para o Sporting passa por uma aposta na formação, que ao longo dos anos tem gerado um conjunto de bons jogadores que bem ou mal temos conseguido tirar algum proveito. Assim sendo, na época que se avizinha é importante olhar para a equipa B e também para os jovens da formação que estão emprestados.

Dos jogadores emprestados gostaria de destacar Renato Neto, médio de 21 anos que entre uma breve passagem na equipa principal tem estado emprestado, tendo representado o Cercle Brugge, Videoton e joga no Gent actualmente.

Apesar da juventude, é um jogador já com alguma experiência, pois já vai em 3 épocas consecutivas a participar em mais de 30 jogos, assim sendo seria um elemento importante num plantel que se advinha jovem e inexperiente.

Penso que seria um "8" muito interessante para a nossa equipa trazendo altura e força ao nosso meio campo, caracteristicas que Dier mostrou que seriam importantes, ajudando assim a equipa a conquistar o meio campo ganhando mais bolas tanto no ar como nos duelos individuais, com a vantagem da experiencia adquirida que traz e ser um jogador mais rotinado na posição. É um centro campista que todas as épocas rende alguns golos e assistencias o que também é importante, pois, como se comprovou esta época é importante ter mais jogadores além dos avançados a marcar, penso que, com as devidas diferenças poderia oferecer ao Sporting o que por exemplo Khedira acrescenta ao Real Madrid. A sua capacidade fisica seria importante também nas bolas paradas tanto ofensivas como defensivas.

Por fim, trata-se de um jogador com mercado, fruto das boas épocas que tem efectuado e também por ser um centro campista com caracteristicas diferentes do habitual, que seria facilmente valorizado depois de uma boa época em Alvalade, podendo o Sporting num futuro próximo vir a fazer um bom negócio em termos financeiros.

quarta-feira, 8 de maio de 2013

As posições mais urgentes

Embora a posição do nosso clube ainda não esteja definida, e como tal a participação ou não nas competições europeias, julgo que há certas posições que terão que ser reforçadas na próxima temporada e como tal deviam ser alvo de atenção por parte do nosso clube desde já. Não sou grande adepto de revoluções e como tal penso que a base do plantel está feita e que apenas serão necessários uns ajustes.

Ponta-de-lança
Já era necessário encontrar alguém que pudesse lutar com van Wolfswinkel pelo lugar e conseguisse suprir a sua ausência por lesão ou castigo, com a saída deste ainda mais urgente é reforçar a posição.
Bojinov teve algumas oportunidades, nao convenceu, está emprestado, e o seu futuro não passará por Alvalade.
Owusu não conheço muito bem este jogador que está à varios anos emprestado, contudo também ele não parece ser opção para os responsáveis pelo Sporting.
Rubio foi contratado como uma promessa que seria lançado com o tempo, mas na minha opinião não tem qualidade para ser jogador do Sporting e deveriamos vende-lo.
Betinho é um jogador formado em Alcochete que sempre marcou muitos golos na formação, teve algumas oportunidades na equipa principal este ano, mas na minha opinião também ele não tem qualidade para vir a integrar o platel do Sporting no futuro, penso que deveria ser trocado ou vendido, já que na equipa B também estará a tapar o caminho a jogadores mais promissores que possam surgir.
Etock mais um jovem, este contratado ao Barcelona que vai tendo as suas oportunidades na equipa B, embora raramente jogando na posição de ponta-de-lança, desconheço os motivos, mas gostava de o ver nessa posição.
Assim sendo, julgo que é necessario contratar alguém para uma posição tão importante, sendo que a minha preferência seria sempre o Éder do Braga, que considero um grande ponta-de-lança que tem tudo para ser titular da selecção nacional e que embora seja um pouco caro, compensava o esforço. Além disso, o Braga dificilmente se apurará para a Liga do Campeões o que certamente o obrigará a vender, não tendo uma base negocial tão forte como se conseguisse os milhões da Champions. Por outro lado, poderiamos incluir jogadores como Nuno Reis, André Santos, Adrien, Wilson Eduardo, Rubio, Betinho que na minha opinião terão muitas dificuldades de afirmação no Sporting, mas que poderiam ter alguma utilidade em Braga.
O mais que falado Ghilas também seria interessante, Inácio conhece-o melhor que ninguém e como tal será um nome que terá em vista. Os jovens Suk do Maritimo e Baldé do Guimarães também julgo serem boas opções mas neste caso para serem alternativa aos titulares, e para irem crescendo de forma sustentada, sendo opções de futuro.

Lateral Esquerdo
Evaldo terá sido dispensado pelo seu elevado ordenado e como tal também não terá espaço na época que se avizinha.
Grimi julgo que finalmente acaba contrato.
Turan nao se conseguiu impor em Alvalade nem em Aveiro quando foi emprestado ao Beira-Mar, este ano está a fazer uma época mais ou menos regular na Turquia, desconhecendo contudo o seu valor.
Assim sendo, também esta posição terá que ser reforçada, temos os emprestados Joãozinho e King que poderão ser opções, não sendo de descartar a contratação de um outro melhor ou mais barato por exemplo.

Trinco
Gelson foi emprestado na reabertura de mercado devido ao seu elevado vencimento, parece que o seu espaço em Alvadade terá terminado.
Rinaudo apesar da sua entrega e profissionalismo, não é um jogador que aprecie, e penso que numa deveriamos ter uma melhor opção nesta posição tão imporante, penso que é um jogador lento, e bastante fraco tacticamente, embora seja útil a dobrar quando a equipa esta fechada e os jogadores próximos conseguindo cortes muito vistosos, trata-se de um jogador que tem dificulades em travar contra-ataques dado que não é muito forte, rápido ou tacticamente evoluido.
Fokobo já teve algumas oportunidades na equipa principal embora sempre como central, no entanto penso que pode render mais como "6", e creio que tem um grande futuro nessa posição. Pessoalmente gostaria que fosse aposta na próxima época.
William Carvalho julgo que está em final de contrato e não parece ser aposta para os responsáveis leoninos, jogou com regularidade no Cercle Brugge, mas não tenho acompanhado a sua evolução.
Neste caso, a minha opção seria lançar Fokobo, há ainda A. Santos e Zezinho, jogadores que já desempenharam estas funções mas julgo que rendem mais na posição "8" e penso que o espaço do português no clube já terá terminado.