segunda-feira, 23 de julho de 2012

Notas do primeiro triunfo

O Sporting venceu o Sheffield Wednesday por 2-0 com golos de André Martins e Wolfswinkel.

Apesar de ter gostado dos primeiros minutos de jogo com destacando as boas combinações entre Insúa e Capel, para Schaars a iniciar a contrução de jogo e a entrega de Gelson coroada com algumas recuperações de bola, não apreciei a exibição no Sporting na primeira parte.
No entanto após o intervalo a equipa melhorou imenso. Capel manteve um bom nível, Adrien entrou bem no jogo, tal como Cedric e Matias, sendo talvez os principais responsáveis pela melhoria da equipa. Destaque também para os reforços Pranjic e Boulahourz, o primeiro integrou-se bem no ataque mostrando que é um jogador de qualidade, já o segundo também não foi muito testado defensivamente mas mostrou-se confortável com a bola nos pés. Por fim uma referência a Wolfswinkel que apesar de não ter tido muito jogo, foi importante saindo do jogo com um golo e uma asssistência.

Não foi um jogo em que o Sporting tenha criado muitas ocasiões de golo, conseguindo contudo fazer dois golos e por vezes foi muito lento talvez devido ao cansaço, no entanto apesar das ausencias de Patricio, Rojo, Rinaudo, Izmailov e Labyad fico com a sensação de que o plantel do Sporting é bastante forte pese embora a falta de alternativa a Wolfswinkel que se espera que seja colmatada em breve. Face a isto, e  sabendo que a época é longa e todos os jogadores terão oportunidades durante o ano, creio que Ricardo Sá Pinto terá algumas dificuldades em escolher o melhor 11.

Considero que o Sporting até tem acertado nas contratações e que possuiu excelentes jogadores, mas durante o jogo dei por mim a perguntar-me se o nosso melhor centrocampista não será o Adrien, trata-se de um jogador que aprecio bastante e que julgo que tem tudo para se impor na nossa equipa apesar da concorrência, mostrando mais uma vez que a nossa academia é capaz de formar bons jogadores, não sendo necessário um grande investimento para os ter.

2 comentários:

  1. Eu não consigo dizer nada sobre os jogadores reforços/regressos até o nivel de forma da equipa estar todo mais ou menos ao mesmo nível.

    Acredito que pelo menos 1 dos nossos jogadores do meio-campo será vendido, entre Izmailov, Matias ou Elias, senão mesmo 2 deles. E continuo com a mesma opinião de que o Matias embora seja bom jogador, não me oferece confiança pois é bastante inconstante, logo seria a minha primeira escolha para vender.

    O Cedric já mostrou que se sabe posicionar e jogar com a bola. Vamos ver se agarra o lugar.

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Concordo que possa ser injusto comparar jogadores com nível de preparação diferente e que com o desenrolar da pré-época teremos uma ideia mais exacta de cada um.
      Parece certo que alguém do meio campo vai sair, a meu ver em termos exibicionais o mais constante e o Izmailov, mas é o que tem mais problemas fisicos.
      Tanto o Elias como o Matias são algo irregulares eu pessoalmente preferia que saísse o primeiro, embora reconhecendo que o Matias com tantos anos já se devia ter imposto e sabendo que todos eles estão na calhar, até porque Pranjic pode dar uma ajuda no meio campo, há o Labyad e o Renato Neto estará em banho maria.

      Eliminar